[LISTA] 8 momentos incríveis da história do Oscar


Charlie Chaplin recebe Oscar honorário em 1972

A cerimônia do Oscar, que acontece no próximo domingo, dia 26, estará em sua 89ª edição. Nessas quase nove décadas de premiação, tivemos alguns grandes momentos. Elaborei uma lista com 8 dos mais inesperados, emocionantes e inesquecíveis, que serão listados de forma aleatória.

8. Michael Moore ganhando o Oscar de Melhor Documentário

Em 2003, Michael Moore levou o Oscar de Melhor Documentário por “Tiros em Columbine”, que por sinal é fantástico, assim como toda a filmografia de Moore (meu favorito é Sicko S.O.S Saúde e Capitalism: A Love Story). O diretor, que sempre fez críticas ao governo Bush, clamou em seu discurso: “Shame on you, Mr. Bush!”, sendo vaiado  por uns e aplaudido por outros na plateia.

7. Heath Ledger levando o Oscar póstumo em 2009

Em 2009, antes do lançamento do aguardado Batman: O Cavaleiro das Trevas, o mundo recebeu a notícia da morte de Heath Ledger, aos 28 anos, com muito pesar. Ao assistirmos sua entrega ao personagem Coringa, torcemos pela indicação, mas não esperávamos que ele vencesse. O Oscar póstumo só tinha sido entregue uma única vez na história antes dele, para Peter Finch.

6. Marlon Brando recusando o Oscar por “O Poderoso Chefão”

Eu pensei algumas vezes antes de colocar esse momento na minha lista, pois criei uma aversão a tudo que viesse de Marlon Brando após saber que a cena de estupro gravada em O Último Tango em Paris foi real, e previamente combinada junto ao diretor Bernardo Bertolucci (sem o consentimento de Maria Schneider). Mas, de qualquer forma, foi uma ação importante e merece destaque. Ao vencer o Oscar em 1973 pelo seu papel em O Poderoso Chefão, Brando recusou o prêmio em protesto, enviando em seu lugar uma ativista de origem indígena que discursou sobre a forma com que os povos indígenas americanos eram tratados pela indústria cinematográfica.

5. Cuba Gooding Jr. comemorando o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante

Definitivamente um dos momentos mais engraçados/inspiradores/fofinhos da premiação. Cuba Gooding Jr venceu na categoria de Melhor Ator Coadjuvante em 1997 por Jerry Maguire, e enquanto a famosa musiquinha do Oscar avisando que seu tempo para falar acabou entrava, Cuba foi se empolgando cada vez mais, sendo ovacionado pela plateia.

4. Halle Berry vencendo o Oscar de Melhor Atriz em 2002

Ela venceu pelo filme A Última Ceia e parecia não acreditar que estava vivendo aquele momento. Ela agradece por todas as mulheres negras que abriram caminho para que pudesse estar ali, vencendo.

3. Charlie Chaplin recebendo Oscar Honorário

Muito emocionado, Charlie Chaplin é ovacionado pela plateia ao receber um Oscar Honorário em 1972 por toda a sua contribuição  e importância para o cinema.

2. Anna Paquin recebendo o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante aos 8 anos

A atriz se tornou a mais jovem a receber uma estatueta. Não é fofa a reação dela?

1. Marion Cotillard vence por Piaf – Um Hino Ao Amor

Ela está aqui não só porque gosto muito de sua reação ao receber o prêmio, mas por ser muito merecedora dele. Uma das atuações mais inesquecíveis e mais fiéis em um filme biográfico. Construir um personagem deve ser muito difícil, mas interpretar alguém que já existe parece ser mais. Marion fez isso de uma forma única. Para quem não sabe, ela interpretou a cantora francesa Edith Piaf.

Menção honrosa

Dois momentos muito especiais para o cinema brasileiro: Fernanda Montenegro indicada a Melhor Atriz e Fernando Meireles indicado a Melhor Diretor por filmes em português. Abaixo, o vídeo da Fernanda sendo apresentada pelo Jack Nicholson (não é demais)?! Aliás, ela merecia ter ganho, muito mais que Gwyneth Paltrow.

Ps: Vale lembrar que essa é uma seleção pessoal, ok?

E você: Qual o seu momento preferido do Oscar? Será que teremos mais momentos inesquecíveis esse ano em uma premiação que anda cada vez mais enlatada? Vamos aguardar! 😉

 

Previous Star Wars: Os Últimos Jedi é confirmado como o título do Episódio VIII
Next [CRÍTICA] Cinquenta Tons Mais Escuros (2017)