Max Payne – O melhor da Ação

Max Payne! Esse nome ecoa até hoje na cabeça de milhares de fãs. Hoje em dia já é considerado uma série, pois 3 jogos foram lançados – Max Payne 2 em 2003 e Max Payne 3 em 2012 (sim, um intervalo absurdo de 9 anos). Max Payne foi lançado em 2001 para PC, X-Box, PS2 e, posteriormente, relançado para IOS, Android e PS4. A produtora foi a gloriosa, e finlandesa, Remedy Entertainment e distribuído pela Rockstar – empresa está que assumiu por completo a produção dos jogos subsequentes.

O jogo virou um marco no mercado. Não apenas para o gênero ação mas para o mundo de games. Haja vista que foi um dos primeiros, se não o primeiro, a utilizar o efeito “bullet time”. Este efeito ficou muito famoso com a saga de filmes Matrix nas cenas em que Neo desvia das balas e a câmera focaliza nas mesmas e não no personagem. Somente por este efeito o game já estava fazendo uma revolução. Mas muito mais seria apresentado: história excelente, boas falas, gráficos de última linha (para a época), trilha sonora marcante, personagens carismáticos. Ou seja, o jogo foi uma obra prima.

Vamos à história: Max Payne é um policial que possuía uma vida feliz e, como ele mesmo descreve “o sonho americano”. Até que um certo dia, após o trabalho, ele encontra a mulher e sua filha (que ainda era um bebe) mortas em casa. Mas os autores do crime ainda estavam por lá, esta é a cena que o jogador passa a comandar o personagem. Após matar os 3 bandidos, Max se mostra desesperado e ao mesmo tempo em total busca por vingança.

O game inteiro conta a história de uma forma como se fosse uma HQ (história em quadrinhos). Isso faz com que o jogador fique ainda mais preso, já que a mistura de cenas rápidas, tiras em quadrinhos e o próprio jogo resulte em uma experiência totalmente envolvente e de altíssima qualidade.

Ao longo do jogo, seu melhor amigo é assassinado; Max passa de policial a procurado pela polícia; e o principal: descobre que o assassinato de sua família foi apenas o topo de uma cadeia imensa de eventos e fatos que giravam em torno de uma nova droga chamada V. Payne anda pelas mais diversas espeluncas e locais destruídos da cidade, e cabe a você ir “limpando” toda a sujeira.

No Brasil o jogo foi lançado totalmente em português, hoje isso é muito comum, mas na época era uma grande novidade. Diferente de muitos jogos atuais em que a dublagem é, no mínimo, questionável, a dublagem de Max Payne era divertida e bem-feita. As vozes foram escolhidas e produzidas de forma a deixar o jogo mais cômico, mas sem perder a seriedade. A voz de Max combina com o personagem temos de agradecer ao ator e dublador Mauro Castro.

                                                                    

Os jogos subsequentes tiveram grande qualidade, mas não a mesma que o primeiro. Apesar do terceiro game da série ter sido muito ovacionado e ter recebido um trabalho imenso de divulgação, isso se deve mais ao fato da grande espera dos fãs e da mídia especializada do que outra coisa. Impossível negar seu valor e importância, além de dar vida ao personagem novamente, mas não é algo tão impactante quanto foi o primeiro. Espero que a Rockstar lance um quarto jogo em breve e que seja mais parecido com suas origens.

                                         

 

Mesmo hoje em dia este jogo irá lhe surpreender. No mínimo você terá boas horas de grande diversão. Convido a todos a testarem o game, independentemente de plataforma, e colocarem nos comentários o que acharam.

You May Also Like