Mulher-Maravilha | Frank Cho alega censura e deixa DC Comics

Mulher-Maravilha | Frank Cho alega censura e deixa DC Comics;

A capa que teria sofrido censura, segundo Frank Cho

A capa de Mulher-Maravilha que teria sofrido censura, segundo Frank Cho

O polêmico Frank Cho deixou DC Comics alegando censura. O ilustrador, famoso por suas capas controversas, era um dos principais desenhistas da nova fase da Mulher-Maravilha na editora.

Todo o problema está com Greg Rucka [roteirista da heroína]“, disse Cho. “Ele tem tentado alterar a censurar meu trabalho desde o primeiro dia (…) Ele achou que a minha terceira capa [que está na galeria abaixo] era vulgar e tinha muita pele. Eu fiz tudo baseado em modelos e mostra o mesmo tanto que os desenhos de dentro mostram. E além do mais, a capa é variante e não deveria ter influência editorial – e ainda assim ele o faz. Como assim? (…) Eu tentei levar numa boa, mas a agenda política de Rucka faz o meu trabalho ser impossível. Mulher-Maravilha é o único motivo pelo qual eu vim para a DC“, falou o desenhistas ao Bleeding Cool. Abaixo, confira as três primeiras capas variantes dele para a personagem – a versão final e a versão original.

Não é a primeira vez que Cho alega censura. O histórico dele na Marvel, por exemplo,  é extenso: sua primeira HQ na editora, justamente uma minissérie com Shanna, deveria sair pela linha adulta e trazer cenas com a personagem nua; a Marvel pediu para ele redesenhar em versão comportada. Desde então, capas com Mary Jane Watson, Mulher-Hulk, Feiticeira Escarlate e até Megan Fox (esta fora da Marvel) já foram cobertas pelos censores.

Captura_de_Tela_2016-07-16_às_11.43.40 Captura_de_Tela_2016-07-16_às_11.43.32

Share This Story

Comics & Livros

You May Also Like