Winback – Um obrigado de todos os Shooters



Um clássico jamais esquecido. É praticamente impossível alguém que se considere gamer de verdade não ter jogado ou, pelo menos, ouvido falar em Winback (também conhecido como WinBack: Covert Operations). Esse foi um dos melhores jogos de tiro já lançados. Talvez você se lembre do jogo e esteja se perguntando: mas esse jogo não era tão bom assim, era? Já explico o porquê de eu considerá-lo desta forma.

Winback foi um dos primeiros games que possibilitou ao jogador se esconder atrás de objetos e obstáculos para se proteger dos tiros inimigos. Hoje em dia isso é bem comum – principalmente em quase todos os jogos shooter –  mas antes, mais precisamente durante a década de 90, isso era raro e uma grande novidade.

Como se não bastasse esta revolução, ele também disponibilizava mais de 15 armas diferentes e contava com mais de 20 personagens jogáveis no Multiplayer e que apareciam, de alguma forma, durante o jogo versão história.

O jogo, lançado em 1999, final do século 20, dava início a um novo conceito aos shooter games. Mas, infelizmente, tenho a impressão de que nunca teve o reconhecimento merecido. Apesar de sempre conseguir boas notas em reviews de revistas e sites especializados, não foi um game que explodiu em vendas.


A história é a seguinte: um grupo terrorista chamado Crying Lions pretende dominar o mundo, e cabe à Jean-Luc Cougar, membro da Strategic Covert Actions Team, impedir este grupo. A história, de fato, é um pouco rasa. Mas para a época, poucos games de tiro possuíam histórias elaboradas ou realmente fantásticas, ainda mais games que fossem mais específicos de policiais, swat ou grupos especiais. Ou seja, não estou comparando com games mais elaborados como Max Payne.

O sistema multiplayer é bem completo e divertido, pois, além dos diversos personagens e armas, há um número considerável de fases disponíveis. Há ainda um sistema de treino, em que o jogador será instruído de como jogar e se adaptar ao jogo. Ele será treinado pelos melhores instrutores da Strategic Covert Actions Team.

O jogo teve uma continuação intitulada Winback 2: Project Poseidon, lançado em 2006 para Xbox e PS2. Mas teve uma recepção ruim de público e crítica. Uma pena, certamente, haja vista que um título tão memorável como o primeiro merecia uma sequência muito melhor e respeitosa.

Veja abaixo este vídeo que possui a apresentação do game e alguns minutos da primeira parte e sinta o nível deste magnifico game:
https://www.youtube.com/watch?v=S3PFBiyRM-8

Mas, evidentemente, todos que passaram horas e horas acabando com Crying Lions, na pele de Jean-Luc, lembrarão com muito prazer e alegria de momentos de tensão e emoção em busca de justiça que, além de revolucionários, foram fantásticos.

Previous Game of Thrones | Entenda exatamente cada detalhe do teaser da sétima temporada
Next The Banner Saga - Simplesmente espetacular